VERSÍCULO DO DIA!!!

APROVEITE QUE ESTÁ ONLINE E LEIA UM POUCO, BASTA CLICAR NO VERSÍCULO ACIMA.

29 de dez de 2010

VOLTAR? JAMAIS! PROSSEGUIR? SEMPRE!


Então, voltando-se o Senhor, fixou os olhos em Pedro, e Pedro se lembrou da palavra do Senhor, como lhe dissera: Hoje, três vezes me negarás, antes de cantar o galo. 62 Então, Pedro, saindo dali, chorou amargamente”. Lucas 22.61-62            Pedro, um dos mais admiráveis apóstolos, foi no meu entender, aquele que mais demonstrou as contradições da natureza humana durante o tempo que passou ao lado de Jesus. Um homem que chamou Jesus de o Filho do Deus Vivo (Mateus 16.16). Cortou a orelha de um soldado para defender o Mestre (João 18.10). E dizia que morreria com ele se preciso fosse (Lucas 22.33). Agora estava fragilizado, arrasado, arrependido por ter negado o Filho de Deus. Aquele olhar de Jesus foi profundo, pois não tocou apenas a memória de Pedro, tocou seu coração. Eu imagino quanta dor que Pedro deve ter sentido ao ser observado por Jesus naquele momento. Provavelmente Pedro pensou: “Está tudo acabado, sou um miserável, um hipócrita, voltarei ao mar, à minha vida de pescador como antes e vou carregar para sempre este erro comigo” Mas Jesus tinha um plano. Dias depois, lhe reaparece ressuscitado (João 21.15-17), não para perdoar, porque isso já havia feito, mas para ensinar ao próprio Pedro que ele deveria se perdoar também e que Jesus não o escolhera a toa. Três vezes Pedro negou Jesus e três vezes Jesus, nesta aparição, lhe perguntou: “Pedro tu me amas? Cuida, apascenta minhas ovelhas”. Envergonhado por Jesus ter perguntado três vezes, lhe respondeu: “Sim, Tu sabes todas as coisas e sabes que te amo”. Pedro liberou perdão para si próprio, pois ele entendera que não foi para abandonar tudo e voltar ao passado que Jesus o escolhera, mas para se levantar e continuar a missão que Jesus o designou, que era a de ser pescador de homens e apascentar as suas ovelhas. 

Conosco não é diferente, saiba que o inimigo nos coloca em algumas situações onde o seu maior desejo é que nós desistamos de seguir a Cristo e de fazer a obra pela qual fomos chamados a fazer, você acha que ele, o nosso inimigo, fica alegre quando com ousadia defendemos o evangelho de Jesus como Pedro fazia? Não, ele não fica alegre, por isso devemos ser ousados e dar muitos frutos, anunciar o evangelho, ser “pescadores de homens”,para a honra e Glória de Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador. Pedro sabia o que estava dizendo quando escreveu em sua 1ª carta: “Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar”. (1 Pedro5.8) – Portanto, estejamos alertas, atentos, firmes e sóbrios. O Apóstolo Paulo disse: “aquele que está em pé cuide para que não caia” (1Co 10.12)

Créditos: Mariah 


Oração:
“Senhor nos ajude a sermos firmes, constantes e sempre abundantes na tua obra e nos teus maravilhosos caminhos. Que possamos ser cristãos fiéis, leais, dedicados, consagrados e santos, separados para servir ao Senhor com alegria e perseverança, peço isso a começar por mim, que não sou nada sem o Senhor. Amém.”



 Postado por: Rosângela Moura

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AS SUAS PALAVRAS SÃO PARA EDIFICAR E NÃO DESTRUIR!!